Arquivo da tag: sentimentos

Uma poesia..

Imagem

 

“Aqui, escuta-me baixinho, enquanto as estrelas explodem no céu: eu amo você, eu amo você. Enquanto as guerras fazem mortos e o ser humano morre lentamente, engolindo a dor e fazendo dela vômito: eu amo você, eu amo você. Nos livros de Clarice, nos contos do caio, no drama de bukowski, na fala de quem não tem o que comer, naquilo que é inverdade, no arco-íris preto e branco: eu amo você, eu amo você. Com a solidão sussurrando mentiras e o vazio exaurindo meus espaços; com a náusea fazendo presença e a incompreensão batendo na porta: amo você, eu amo você. Na paz que deixou de existir e na esperança carregada nos olhos daquele que está ferido: eu amo você, eu amo você. Porque os dias estão atribulados e o peso é grande demais para que eu aguente sozinho. Eu tenho você e repito que é amor, que é consolo, que é abrigo, quase que como um mantra para que eu jamais me esqueça da sua presença me invadindo quando me queixo demais pois me sinto só. Porque os carros da cidade buzinam insolência e eu só preciso me aninhar no teu abraço e fazer dele minha casa. “Pode lar ser uma pessoa e não uma casa?” e pode sim, teu corpo é minha moradia contra trovoadas e chuvas ácidas e teus braços são montanhas na qual eu descanso, alívio. Porque eu te amo demais até quando tropeço no meio da rua e até as pedras, meu bem, até as pedras sabem o motivo dos meus sorrisos. Nos furacões norte-americanos e nos tsunamis japoneses, nas ilhas inalcançadas e nos desabrigos da alma: eu amo você, eu amo você, eu amo você”

— Floresinexatas

Anúncios

Últimas Novidades

412966-5000x3300

Vim tirar um pouco da poeira desse lugar (risos), aproveitar que também tirei a poeira do meu quarto.. Aliás, poucas coisas me fazem tão bem do que ver meu quarto arrumadinho *-* enfim.. Algumas novidades: pintei meu cabelo de novo, cerejinha ❤ não adianta, tonalizei de preto mas eu gosto é do vermelhinho mesmo! Não está a cor que quero mas ficará com o tempo.. Estou cheia de novos livros pra ler, me dá tanta alegria em ver minha coleção crescendo, acho que hoje começo a ler um livro de Joyce Meyer (“21 maneiras de encontrar a paz e a felicidade“, tô mesmo precisando), hoje também completo mais um ano de namoro, eu engordei 😦 mas pretendo começar uma dieta severa hoje, abolir de vez o refrigerante, e estou indo caminhar todos os dias, está me fazendo bem! Próximo mês quero voltar a academia.. Minha page no Facebook (Eu Quero Pazhttp://www.facebook.com/euqueropazagora ) está com 10.111 pessoas, sei que não é um número extraordinário, mas fico muito feliz com cada nova curtida na página 🙂 Eu estava trabalhando numa loja, era a loja que sempre quis trabalhar, loja gospel com muitos cd’s, livros e dvd’s para locação, local onde sempre fui muito assídua, foi uma ótima experiência, passei um mês e doze dias, mas saí pra dar prioridade aos estudos e porque era uma rotina muuuuuito cansativa pra mim, o dia todo, em pé, chegava em casa morta e não dava pra fazer mais NADA, só trabalhar mesmo e dormir um pouco (risos), cada um tem um limite e é bom não extrapolar. Esse mês também fiz umas comprinhas, tô comprando roupas e sapatos na casa de uma vizinha, amiga de infância, a sogra dela compra em SP e traz pra cá, sempre tem novidades, são roupas/sapatos caros, mas eu não resisto, é tudo lindo, e o melhor: não preciso enfrentar filas, escolho tudo com muita calma e me resolvo com ela, pagando de um jeito confortável, tô adorando isso.  Hoje dei um F5 no Blog, mudei o tema, o que não gosto no WordPress é que ele não trabalha com HTML, então não tem como personalizar um tema, ou criar, pra achar um tema fofinho e bem feminino é difícil, os mais bonitinhos são pagos, e são caros, mas acho que o que escolhi tá bacana. Acho que vou voltar a ter um diário, tinha esquecido da sensação ótima que me dá ao escrever, é mesmo mágico o efeito que tem sobre mim, alivia. Então, essas são as minhas poucas novidades, era pra ser bem limitado mas me empolguei haha, espero postar aqui com mais frequência.. Uma ótima semana a todos!

Beijos :*

Noite sem luar

Noite_fria_para_uma_despedida

 

 

Olho para longe

O mais longe que posso alcançar

E vejo tudo se desintegrando

Parte por parte, até perto chegar

 

Medo, medo

Sinto como brisa me tocar

O barulho, o furor

Como uma tempestade numa noite sem luar

 

Começa a chover

Os meus olhos a embargar

O nó na garganta

Sinto tudo desmoronar

 

Mil pensamentos

Ouço aqui dentro ecoar

Perguntas, e questionamentos

Nada parece se encaixar

 

Eu aprendi

Que a noite é dura

Quando você não tem pra quem telefonar

 

Eu aprendi

Que quem te chama de amigo

É o primeiro a não se importar

 

A vida é mais que rimas

Mais que palavras

E o silêncio no olhar

 

O que eu sinto, aqui dentro

Levo comigo, não vai passar.

 

Valentine’s Day*

Um fato que me aconteceu terça, mudou meu modo de ver as coisas.

Terça, 3 horas da manhã, tive uma crise de asma e tive que ir ao hospital, pouco tempo depois que cheguei fui atendida, e me disseram que o atendimento poderia demorar um pouco, pois tinha acabado de ocorrer um óbito, e o médico de plantão estava agilizando a papelada.

Fiquei imaginando que pra aquela família, o dia dos namorados nunca mais será o mesmo.

Ficamos preocupados com dia 12 de junho, presentes, saídas, quando tudo é apenas um jogo de marketing, mas e o resto do ano? Eu acho bem mais legal um presente fora de época, uma mensagem de madrugada, uma flor colhida na rua, um beijo no meio de uma briga.. Poderia citar inúmeras coisas! Nem sempre teremos a pessoa que amamos por perto, um dia de reconhecimento a essa pessoa é importante SIM, porém mais importante ainda é o reconhecimento constante, sem nenhuma data onde isso é “obrigatório” (aniversário, aniversário de namoro, casamento..), como vi num vídeo uma vez, a vida é uma caixinha de surpresas, algo que está fora do nosso controle, de um minuto pro outro tudo pode mudar, e você o que terá feito? Disse e fez tudo que queria enquanto teve tempo? A morte é o destino natural de todos, só que sempre pensamos que nunca será agora, conosco ou com alguém próximo a nós, e de repente “CABUM”, a casa cai..

Orgulho, brigas sem motivo é algo que não compensa, ame enquanto tem, enquanto pode, antes que a vida te ensine a dar valor ao que você tinha, antes que seja tarde demais.

Otelágio

Por volta do ano de 2007, conheci uma garota, da qual não gostei de início, me provocou bastante por uma rede social (pirracenta ela sempre foi,kkkk), e por isso, e muito mais, eu nunca imaginei que ela se tornaria a minha melhor amiga.. Ali foi o começo de uma grande amizade, da maneira mais inusitada possível.

Trocávamos mensagens com freqüência, depois nos encontramos, na época ela era EMO, rs, uma bonequinha gótica.. Seu apelido: Kimi – Bem marcante! Passamos a ligar uma pela outra, nos aproximar cada vez mais, ela passou a freqüentar minha casa, e começou a fazer parte da minha vida, da minha rotina.Pude descobrir uma garota insegura, que queria passar a imagem um tanto insensível, um tanto “durona”, mas que tinha um coração enorme, uma essência pura.

Me sentia na obrigação de protegê-la, era minha irmã mais nova, minha maninha, sentia suas dores, suas alegrias, compartilhávamos sonhos, planos, confissões, segredos.

Quantas vezes passamos madrugadas conversando, das coisas mais sérias, as mais bestas, quantas vezes liguei chorando em busca de um ombro amigo, um conforto que sabia que encontraria nela.. Lembra quando tentamos tirar a foto igual a que a Demi e a Selena tiraram? Que resenha kkkkkk, quantas risadas juntas, coisas que só a gente entende, não esqueço sua gargalhada! Nunca pensei gostar tanto de uma amiga desse modo, e apesar de sentir que gostava/precisava mais dela até do que ela de mim, eu não me importava, era um amor incondicional, por ela eu iria até onde fosse, me preocupava demais com sua segurança, bem estar, felicidade.

Infelizmente, no início de 2011 ela se mudou para o Rio, e deixou esse imenso vazio! Ela é única, e tenho certeza que não entrei na vida dela em vão, nós nos ajudávamos, e com ela até me sentia mais forte, era feliz com tão pouco, apenas uma conversa casual e eu me sentia bem.

Larissa Otelágio, minha mana, uma pessoa única, de personalidade forte, sotaque inconfundível, sorriso meigo, abraço caloroso, nariz com sardinhas e arrebitado, olhos marcantes, uma pessoa com o mundo nas mãos, pena que ainda não sabe!

Nunca vou te esquecer, o seu lugar vai estar sempre aqui reservado, escondido em um dos melhores lugares do meu coração.. O amor não tem prazo de validade e nem tem distância, vai ser eterno, é difícil achar alguém que te queira tão bem quanto eu! E mesmo ausente fisicamente, meu coração está com você maninha, vou torcer com cada conquista, cada vitória, porque eu sei que você vai longe e eu não vou te deixar, conte comigo.. O que eu sinto você sabe, não esqueça jamais. Que Deus te guie em seus caminhos e te faça muito, mas muito feliz! Você merece.

“Acho que não precisava ser assim. É tudo tão forte, tão profundo, tão bonito, não precisava doer como dói. Eu não podia apenas sorrir quando me lembrasse de você? Mas acontece tipo assim: lembro do seu rosto, do seu abraço, do seu cheiro, do seu olhar, do seu beijo e começo a sorrir, é assim mesmo, automático, como se tivesse uma parte do meu cérebro que me fizesse por um instante a pessoa mais feliz do mundo, mas que só você, de algum modo, fosse capaz de ativar. Eu sei, é lindo. Mas logo em seguida, quando penso em quão longe você está sinto-me despedaçar por inteiro. Sabe a sensação de arrancar um doce de uma criança? Pois é, sou essa criança. E dói. Uma dor cujo único remédio é a sua presença. Então sigo assim, penso em você, sorrio, sofro e rezo, peço pra Deus cuidar da gente, amenizar essa dor e trazer logo a minha cura.”

                                                                                                                                                                                                       Caio Fernando Abreu