Arquivo da tag: arriscar

Descanso

jesusfotoÉ tão bom sentir o cuidado, o carinho de Deus em cada detalhe das nossas vidas, não é? As coisas não saem exatamente como queremos, mas saem ainda melhores, porquê a vontade de Deus é assim: boa, perfeita e agradável. Ele vê além, sabe o que realmente precisamos. Eu tenho vivido uma fase de incertezas, questionamentos e medos, mas ao mesmo tempo tenho sentido Deus tão perto de mim! Tenho sentido ainda mais sua provisão e presença em cada situação, isso é tão bom *-* Ele tem me aquietado, e eu sei que vai ficar tudo bem pois Ele estará comigo. Então eu quero compartilhar uma passagem que eu li recentemente:

Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus, e a paz de Deus que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus.  (Filipenses 4:6-7)

A cada dia eu tenho aprendido a entregar meus sonhos e anseios ao Senhor e tenho sentido essa paz, e essa confiança de que Ele está no controle! Essa esperança é o que me faz continuar dia após dia.

E você, tem entregado seus medos, sonhos, e projetos a Deus?

Se ainda não, não perca tempo e comece hoje, agora!


“O meu Deus suprirá todas as necessidades de vocês, de acordo com as suas gloriosas riquezas em Cristo Jesus” 

Anúncios

O Talvez

Eu considero que bem pior do que a convicção do ‘sim’, ou dureza do ‘não’, é a incerteza de um talvez, o que poderia ter sido e não foi, conseqüências de atitudes muitas vezes precipitadas ou pressionadas.. O ‘talvez’ é doloroso, pensar como teria sido… Se tudo fosse diferente… Se pudéssemos voltar no tempo e reescrever de uma nova maneira, como um filme, com um novo texto e atores diferentes. Poderia ter sido de outra forma, talvez melhor.

E aí quando você percebe que preferia o ‘talvez’ o cenário mudou, os atores não estão mais ali a sua disposição, e o texto já sofreu algumas alterações.. Porque é assim, as coisas mudam, sempre, é o ciclo natural da vida.

O tempo passa… Novos erros virão e novamente você terá medo do ‘talvez’, terá medo de arriscar, medo do novo, do diferente.. E o maior erro: Terá medo de ser feliz.

Ainda pior que a convicção..

..Do não e a incerteza do talvez é a desilusão de um quase.É o quase que me incomoda, que me entristece, que me mata trazendo tudo que poderia ter sido e não foi. Quem quase ganhou ainda joga, quem quase passou ainda estuda, quem quase morreu está vivo, quem quase amou não amou. Basta pensar nas oportunidades que escaparam pelos dedos, nas chances que se perdem por medo, nas idéias que nunca sairão do papel por essa maldita mania de viver no outono. Pergunto-me, às vezes, o que nos leva a escolher uma vida morna; ou melhor não me pergunto, contesto. Pros erros há perdão; pros fracassos, chance; pros amores impossíveis, tempo. De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma. Um romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance. Gaste mais horas realizando que sonhando..